melasma

Tratamento para Melasma

O melasma é uma doença que acontece quando surgem manchas escuras na pele. Apesar de ser mais comum no rosto, a condição também pode aparecer em outras regiões do corpo, como o pescoço, o colo e os braços. Por isso, o tratamento para melasma adequado dependerá das características e localização das manchas do paciente.

 

Geralmente, o tratamento para melasma é mais procurado por mulheres, uma vez que a população feminina está mais propensa a desenvolver a condição. Por ser uma doença multifatorial e relacionada aos hábitos de vida do paciente, os homens também devem se atentar para os sintomas e fazer o acompanhamento apropriado com o dermatologista.

Quando devo procurar um tratamento para melasma?

O tratamento para melasma deve ser procurado quando as manchas de tom escuro ou castanho surgem nas seguintes regiões:

 

  • Colo;
  • Pescoço;
  • Braço esquerdo e/ou direito;
  • Face, sobretudo na testa, maçãs do rosto ou nariz;
  • Lábio superior (região conhecida popularmente como “buço”).

 

As manchas do melasma possuem um formato bem definido, sendo simétricas na maioria dos casos. O paciente que identificar os sinais em uma ou mais regiões do corpo deve fazer uma avaliação individualizada com um dermatologista o quanto antes.

Quais são as opções de tratamento para melasma?

É importante salientar que o tratamento para melasma só pode ser definido por um médico especializado em dermatologia. As pessoas que recorrem a métodos caseiros ou inadequados podem comprometer e até agravar o quadro.

Dependendo das necessidades de cada caso, o dermatologista pode indicar os tratamentos a seguir:

Creme

Neste caso, são usados cremes à base de ácidos glicólico, azeláico e retinóico e hidroquinona. O objetivo é auxiliar na remoção das manchas, promovendo um resultado que pode levar aproximadamente dois meses para ser concluído conforme a resposta de cada organismo.

Suplemento oral

A suplementação oral para melasma pode ser o tratamento principal ou coadjuvante conforme a gravidade do caso. Os medicamentos são indicados de acordo com o estado de saúde do paciente e devem ser tomados à risca para proporcionar o melhor resultado possível.

Microagulhamento

O tratamento para melasma feito com microagulhamentos consiste em realizar pequenas lesões na pele para induzir a formação de elastina e colágeno. A quantidade de sessões necessária é estabelecida pelo dermatologista.

Peeling

O peeling é um tratamento que clareia a pele gradualmente, oferecendo um resultado mais rápido do que os cremes. A medicina estética conta com vários tipos de peelings, variando entre os que são mais superficiais e os que alcançam camadas mais profundas da pele.

Laser ablativo e não ablativo

Os lasers ablativos e não ablativos são os tratamentos realizados com Luz Intensa Pulsada. Enquanto o laser ablativo causa pequenas lesões na pele, o não ablativo age nas camadas profundas da pele, intensificando a produção de colágeno.

O melasma pode ser evitado com atitudes simples como o uso do protetor solar, mesmo em dias chuvosos ou nebulosos. Caso queira saber qual é o tratamento para melasma indicado para você, entre em contato e agende uma consulta com a Dra. Kátia Volpe.

Atendimento
Por Unidades
Seta direita

Escolha uma
unidade

whatsapp