Papada: como tratar o queixo duplo?

A papada, que tanto incomoda, tem tratamento.

Papada pode ser por gordura localizada ou flacidez

 

A papada ou também chamada de queixo duplo é um problema que incomoda muita gente, principalmente com as redes sociais, as selfies e os vídeos, tão populares.

Essa região de papada sofre a sustentação do nosso rosto e vai tendo uma perda de colágeno com o tempo e também uma formação de bolsas de gordura.

Conforme a pessoa ganha ou perde peso, ela vai sofrendo alterações.

Existe também a questão genética, de acordo com a estrutura do rosto. Algumas pessoas têm maior tendência a ter essa região um pouquinho mais pesada, o que tira e diminui o contorno facial.

Mas é possível melhorar essa queixa, existem tratamentos para isso.

 

Como tratar a papada?

Existem diversas tecnologias que podem nos auxiliar.

É uma região que tem o músculo, a gordura e a pele, então é como eu sempre digo: o músculo é como se fosse um colchão, a pele um lençol e no meio nós temos a camada de gordura.

A partir dos 30 anos a gente tem uma perda de tônus muscular (colchão), também perdemos o colágeno da pele (lençol) e a bolsa de gordura tende a fazer um peso.

Então quanto antes, a partir do momento que começou a ter um incômodo, procure um médico de confiança para fazer o tratamento adequado.

Se tiver bolsa de gordura, a criolipólise é um ótimo tratamento.

Se for muscular, tem o ultrassom microfocado, a aplicação de enzimas, bioestimuladores injetáveis também e hoje muita ênfase aos fios de sustentação.

Os fios são passados na região da papada e promovem uma sustentação, além de uma melhora progressiva de colágeno.

Lembrando que cada tratamento é individualizado, então procure seu médico ou agende um horário com a gente para fazer uma avaliação.

Às vezes o problema nem é a papada em si, mas fazendo um preenchimento com estruturação facial já existe uma melhora dessa região.

Atendimento
Por Unidades
Seta direita

Escolha uma
unidade