Menopausa causa impactos na pele

Como cuidar da pele na menopausa?

Menopausa acarreta muitas mudanças para o organismo feminino

Está sem tempo para ler o artigo? Ouça nosso Podcast

A menopausa acarreta uma queda de hormônios no organismo feminino e, por isso, muitas mudanças podem ser sentidas, inclusive na pele. 

A baixa de hormônios pode acelerar o processo de envelhecimento, fazendo com que as linhas e rugas se acentuem.

Além disso, nessa fase da vida, ocorre uma grande diminuição do colágeno e da elastina, levando a pele a ficar flácida. 

Outro efeito muito comum é o ressecamento da pele, que fica mais sensível e irritadiça. 

Esses efeitos, inclusive, afetam a região íntima feminina, afinal pele é pele em todo o corpo. 

Estilo de vida saudável 

Em primeiro lugar, é fundamental que a mulher tenha uma dieta equilibrada, com consumo de alimentos saudáveis, como frutas, verduras, legumes e boas fontes de proteína, além de evitar os alimentos ultraprocessados e aqueles ricos em açúcares, farinhas brancas e gorduras. 

Também é fundamental que se tenha um consumo adequado de água, que pratique atividades físicas diariamente e tenha uma boa qualidade de sono. 

Por fim, não fume. O tabagismo é um grande destruidor da saúde como um todo. Mas, especificamente para a pele, ele aumenta a presença de rugas e aumenta a secura.

Cuidados com a pele na menopausa

Agora, falando diretamente dos cuidados com a pele, o uso de protetor solar é indispensável, uma vez que o sol é um potente acelerador de envelhecimento e também um causador de manchas. 

Outro cuidado diário importante é evitar os banhos muito quentes, porque eles aumentam a desidratação. 

O dermatologista pode indicar os melhores cremes para o seu tipo de pele, de acordo com as necessidades que ela apresenta, além de antioxidantes orais. 

O importante é recuperar e manter a hidratação, além de atuar sobre os sinais de envelhecimento que estiverem presentes, sejam rugas e linhas finas, manchas ou flacidez. 

Para isso, também podemos associar as diversas tecnologias disponíveis, como o ultrassom micro e macrofocado, luz intensa pulsada, laser de CO2 e radiofrequência. 

Além disso, os bioestimuladores de colágeno, fios de sustentação e preenchimentos com efeito lifting são muito bem indicados. 

Outros efeitos da menopausa 

Hoje em dia podemos também tratar as consequências do envelhecimento sobre a região íntima feminina que, além de problemas estéticos, pode interferir em questões funcionais, como a perda de urina e até dor nas relações sexuais. 

Para essas queixas também existem tratamentos, que podem ser indicados pelo ginecologista ou dermatologista, para melhorar o tônus da região e também a estética. 

Muitas mulheres sofrem também com alterações no contorno corporal, com acúmulo de gordura localizada, além de queda de cabelo e enfraquecimento das unhas.

A menopausa é uma fase da vida da mulher que merece atenção e cuidados, sem tabu, sem medos e sem constrangimento. Cuide-se!

Veja o vídeo completo no meu Instagram.

Atendimento
Por Unidades
Seta direita

Escolha uma
unidade